Monday, November 26, 2007

De Persinha a Pestinha

Os gatos que miavam, agora rugem.

O persinha lindo e adorável que outrora viveu nesta casa, dia a dia transforma-se em leão albino mimado.

Está fabuloso tal como seu pai (Fabiuz) e sua mãe, a lontra Ming-Ming (devido ao peso).

o pai Fabiuz "O Jubas" sempre maravilhoso debaixo do seu ar real e impertigado, nunca miando à excepção do pretexto de lhe estarem a pisar a cauda ou, com esgares de desespero quando está a tomar banho...
a mãe Ming-Ming, que pesando 4kgs, está no percentil 190 ... parecendo uma lontra fora de água, tal é a formosura com que se espalha pela passerele a que chama casa.

O puto (Gabriel), não tendo a quem sair, mia que nem um desesperado na cruz, seja por felicidade, seja por desespero, seja,..., ... porque sim...

Digamos que para persa, mia muito. E ainda bem, digo eu.


O Pestinha na cama... entre a avó e ao avô:

O Pestinha armado em "Gato real"... de realeza o gajo só tem mesmo o ar...
hum... foto curiosa, 1 emplastro e dois gatos a beber caipirinhas... coisa estranha:

O Puto...depois da caipirinha, deve tar algo tonto...:


Aqui o Pestinha com 4 meses... atento a uma gaiola com pássaros:

O pestinha no meio da selva:

Pestinha ataca de novo... AHHHhhhhh:

Que coisinha may fofa... quem consegue resistir a apertar e esticar...

ACREDITEM QUE NÃO É DE PELUCHE ! ! !

Agora um caso inédito... um filme:

video



Um grande bem haja...